mar de prata

Maio 31 2009

Querer ser melhor ou ter algo mais na vida não é condenável, mas até que ponto é que podemos ou deveremos ir?

Até que ponto devemos sacrificar-nos por algo que queremos?

Há dois anos e meio que estou a sacrificar-me por uma profissão... Até quando mais deverei, poderei ou conseguirei aguentar? E será que vale a pena?

Tenho muitas questões, muitas mesmo, mas nem um vislumbre de resposta... Nem uma resposta sequer... E o pior é que não há nada que eu possa fazer a não ser esperar...

Exigem demasiado e dão muito pouco... Há dias em que nem sequer me apetece sair da cama, quanto mais pegar no carro e ir trabalhar, mas ao chegar lá tenho de conseguir um bom sorriso para que o dia corra um pouco melhor...

Será que vale a pena? Só o futuro me dirá se estou a deitar tempo e qualidade de vida ao lixo ou se estou a investir no meu futuro...

Só aí saberei se o que decidi em 2006 valeu a pena... É tempo demais não é? Eu também acho...

publicado por mardeprata às 22:11

Maio 31 2009

Um merecido fds de descanso!

Nada como dormir até quando o corpo decide que é suficiente!

É bom ter um dia assim durante uma semana de trabalho!

Bom, agora falta tratar do resto! Acordar os que ainda há pouco chegaram a casa de trabalhar!

publicado por mardeprata às 11:35

Maio 30 2009

Depois do frio, da chuva e da neve, chegou o calor! Abrasador! Não se consegue sequer andar na rua, nem à noite! E para dormir vai ser bonito!

Como sempre não estamos contentes com nada, se está frio é porque está frio, se está calor é porque está calor!

Bem que poderia estar mais fresco, mas é o que temos!

Quem sabe uma noite passada na varanda não é mais fresca?

publicado por mardeprata às 22:16

Maio 29 2009

Combinação tenebrosa: calor de trovoadas, dores de cabeça, spm, levantar o cartão do cidadão, aprovar o album do casamento...

É demais para uma tarde só!

E o album... Bem, digamos que não era bem aquilo que estava à espera... Pensei que fosse algo mais à nossa escolha... Enfim... É o que temos... Não fiquei muito convencida e talvez tenha exagerado nas reacções pelos motivos antes apontados... Confesso que fiquei desapontada...

Pode ser que ainda tenha uma surpresa com o produto final...

Espero!

publicado por mardeprata às 22:52

Maio 28 2009

Mesmo depois de uma tempestade vem um dia mais calmo, mais quente, com esperança.

Não sei o que o futuro me reserva, mas o presente está a mostrar-me que há muitas pessoas em quem não se pode confiar... Que se mostram afáveis e que parecem interessar-se nas minhas causas e nos meus problemas e na realidade apenas estão a fazer de conta que a sua solidariedade está com os meus males e que posso contar com a sua preciosa ajuda em tudo o que puderem... Mas na realidade apenas querem ver-se livres da nossa conversa e regressar às suas "vidinhas" desprezíveis...

Eu já sabia que ninguém é insubstituível, mas não achei que fosse tão descartável!

Daí olhar para o futuro e pedir à minha estrela da sorte e ao meu guia para me ajudar a ser melhor e ter um pouco mais de sorte a nível profissional...

As mudanças podem começar já amanhã! Não tenho pressa, mas já estou há dois anos e meio à espera desse dia!

publicado por mardeprata às 00:11

Maio 26 2009

O doce sabor da vingança, ou tão somente, a satisfação por saber que as coisas acontecem mesmo sem a nossa interferência (directa)!

Como me soube bem ler aquelas palavras, melhor do que o excelente copo de Muralhas que acompanhou o meu jantar!

Liiiiiiiiiiiiiiiiindo!

E o melhor é que me apetece ligar-te para que ouças o que acabei de ler! Mas não posso! Tenho de me conter! Há-de surgir o momento e aí eu saberei como agir!

Até lá, mantenho-me na minha, na calada, na penumbra!

E tu, cuida da tua vida e deixa a dos outros!

publicado por mardeprata às 21:49

Maio 23 2009

Há dias mais longos do que outros...

Há dias em que nos apetece ficar apenas no nosso canto... Em sossego...

Há dias em que nem nos queremos ver ao espelho...

E há dias que nunca mais chegam ao fim...

E que dia escolhes ter amanhã?

É que o de hoje está quase a acabar!

publicado por mardeprata às 22:16

Maio 21 2009

Velas verdes e brancas!

Pretas é que não!

E pronto!

Expulsam-se os fantasmas cá de casa!

publicado por mardeprata às 16:23

Maio 18 2009

É doloroso estar a trabalhar onde não se quer...

É mais cansativo e muito desmotivante...

Sei que me queixo de "barriga cheia", mas é verdade que há "colegas" que tiveram uma sorte do caraças e eu continuo enterrada naquele fim de mundo...

Revolta-me tanto pensar no porquê, naquilo que os levou a ter essa sorte ou no motivo que me levou a ter este azar...

Dizem-me para ter calma e que tudo se resolverá quando menos esperar... O problema é que não consigo deixar de esperar, não consigo deixar de pensar quando será... E como será...

 

publicado por mardeprata às 22:50

Maio 16 2009

Nem é preciso adormecer para se acordar e sentirmo-nos iluminados... Nem é preciso sequer fechar os olhos, antes pelo contrário há que abri-los bem! Até à mente e ver bem aquilo que nos rodeia e quem somos!

Nada mais importante do que saber em que ponto da vida se está e quais são as nossas prioridades, os nossos amigos e quem nos quer bem!

Um novo acordar, repleto de sonhos e de paixões!

Uma nova vida depois de outra vida que pode não ter corrido assim tão bem! Há que dar uma oportunidade a nós próprios e seguir em frente! Pensar um pouco mais em nós e não tanto nos outros e naquilo que querem ou naquilo que pensam!

Apenas ser! Apenas viver! E querer muito ser feliz! Não acima de tudo e de todos, mas ser feliz por mim e acreditar que isso também fará quem me rodeia feliz, também!

Sou feliz e tu?

publicado por mardeprata às 23:21

aliança entre o mar que me viu nascer e a lua de prata que ilumina o meu caminho
mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13

17
19
20
22

24
25
27



pesquisar
 
site meter
subscrever feeds
blogs SAPO