mar de prata

Abril 06 2016

2010-10-18_18.43.45.jpg

sem tempo...

e com tanto tempo...

as horas voam, os minutos correm, os dias desaparecem, mas os segundos escoam devagar...

tantas solicitações, tantos pedidos, tantas pressões...

e depois as dores surgem... os pulmões colapsam... a febre chega e o corpo grita que não aguenta...

e tu... sem forças para pegar na tua filha mais pequena... tens mesmo de parar... tomar conta de ti... deixar que olhem por ti e deixar de seres tu a olhar por todos...

paraste e melhoraste e agora já estás na roda-viva de sempre...

a apagar fogos... a ouvir a todos... a tentar chegar a todos...

começa por ti e acaba em ti, pois se tu não estiveres bem para ti, não estás bem para ninguém...

 

publicado por mardeprata às 22:27

aliança entre o mar que me viu nascer e a lua de prata que ilumina o meu caminho
mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


pesquisar
 
site meter
subscrever feeds
blogs SAPO