mar de prata

Março 06 2012

Defendo que devemos sempre falar sobre aquilo que nos chateia, sobre o que não gostamos nada e do que não gostamos tanto.

Não gosto de ficar a remoer, nem deixar uma areia transformar-se numa pedra.

Gosto de dizer o que me vai na alma, no momento, pois sei que se deixar acumular a coisa cresce de tal forma, que depois ninguém entende porque estamos a fazer tamanho alarido com uma coisa tão insignificante...

Mas o que fazer quando temos do outro lado alguém que não pensa da mesma forma, que remói e acumula e não dá hipótese de conversar sobre a areia que ameaça emperrar a engrenagem?

Forçar a falar? Engolir também?

 

Bem, dizia a outra: CRI-CRI-CRI!

publicado por mardeprata às 21:19

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

aliança entre o mar que me viu nascer e a lua de prata que ilumina o meu caminho
mais sobre mim
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
site meter
subscrever feeds
blogs SAPO