mar de prata

Maio 31 2009

Querer ser melhor ou ter algo mais na vida não é condenável, mas até que ponto é que podemos ou deveremos ir?

Até que ponto devemos sacrificar-nos por algo que queremos?

Há dois anos e meio que estou a sacrificar-me por uma profissão... Até quando mais deverei, poderei ou conseguirei aguentar? E será que vale a pena?

Tenho muitas questões, muitas mesmo, mas nem um vislumbre de resposta... Nem uma resposta sequer... E o pior é que não há nada que eu possa fazer a não ser esperar...

Exigem demasiado e dão muito pouco... Há dias em que nem sequer me apetece sair da cama, quanto mais pegar no carro e ir trabalhar, mas ao chegar lá tenho de conseguir um bom sorriso para que o dia corra um pouco melhor...

Será que vale a pena? Só o futuro me dirá se estou a deitar tempo e qualidade de vida ao lixo ou se estou a investir no meu futuro...

Só aí saberei se o que decidi em 2006 valeu a pena... É tempo demais não é? Eu também acho...

publicado por mardeprata às 22:11

aliança entre o mar que me viu nascer e a lua de prata que ilumina o meu caminho
mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13

17
19
20
22

24
25
27



pesquisar
 
site meter
blogs SAPO